Trabalho tanto, mereço um agrado: o prazer no consumo como compensação ao trabalho - 1ª ed.

Talvez isto já tenha acontecido com você. Depois de um longo e difícil dia de trabalho, você diz a si mesmo: ¿Trabalho tanto, mereço um agrado¿. Para você, esse agrado poderia ser aquele item de colecionador que já vem namorando há algum tempo. Ou, quem sabe, uma viagem há muito planejada. Ou uma ida a um restaurante requintado para comemorar uma data especial. Ou, então, a compra de algum item desejado para o vestuário. Quem sabe você tenha pensado nisso diante de uma vitrine de calçados. Ou, talvez, o agrado para você seja simplesmente chegar em casa e saber que o futuro da sua família está garantido. Qualquer que seja a natureza dele, Silmara Gomes nos ajuda a entender que o importante é que ele esteja alinhado com nossos valores pessoais, a fim de que supra nossas necessidades de realização individual. Embasada em teorias da administração, motivação e relação de consu­­mo, Silmara esclarece de forma bastante acessível o que é o consumo como forma de compensação ao trabalho que não traz prazer e realização. Com a utilização de questionários que facilitam o autoconhecimento, é possível saber sobre os próprios valores laborais e pessoais. O que você valoriza e o que o motiva. Este lançamento do Senac São Paulo pode ajudá-lo a se preparar para se colocar no mundo do trabalho de forma mais assertiva, permitindo que você formule estratégias mais precisas para a concretização de uma vida cheia de propósito ¿ mesmo que esse propósito não se encontre diretamente ligado à sua atividade profissional.

Ótimo

Mostra e-mail?

Segurança

Digite os caracteres da imagem acima: