Como ser um designer gráfico sem vender sua alma - 1ª ed.

Aqui são abordados pontos que, não raro, são deixados de lado em livros sobre design gráfico: a busca por estágio e a forma de se comportar em entrevistas de emprego; as vantagens e os percalços no caminho do free lancer; as informações imprescindíveis na hora de estabelecer um estúdio - da escolha do local e do nome à busca por profissionais em harmonia com a filosofia da empresa; a prospecção de clientes e a difícil arte de se relacionar com eles. A obra ainda traz entrevistas com renomados profissionais.

Excelente

Mostra e-mail?

Segurança

Digite os caracteres da imagem acima: